SEAD

Secretaria de Estado da Administração

Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

Concurso da Defenap lota hotéis e movimenta economia em Macapá

Movimento nas redes hoteleira e gastronômica cresceu na semana que antecedeu o concurso.
Por: Nathacha Dantas - 12/03/2018 - 08:06
Neste hotel da cidade, um dos mais procurados, grande parte dos quartos foi ocupada por candidatos do concurso da Defenap
Foto: Marcelo Loureiro
Neste hotel da cidade, um dos mais procurados, grande parte dos quartos foi ocupada por candidatos do concurso da Defenap

Dos 2.468 candidatos que participaram das provas do concurso público da Defensoria Pública do Amapá (Defenap) realizado neste domingo, 11, em Macapá, boa parte veio de outros estados. A aplicação do teste movimentou o turismo e a economia local, sobretudo, os setores gastronômico e hoteleiro.

O proprietário de um dos hotéis mais requisitados da cidade, Américo Brito, comemora o bom movimento durante os últimos dias. Segundo ele, todos os 80 quartos disponíveis foram ocupados, a grande maioria pelos concurseiros. “Nos planejamos  para receber  essa demanda de hóspedes que iriam prestar o concurso. As reservas foram preenchidas ainda nos mês de fevereiro. E quem nos  procurou após o preenchimento de vagas indicamos outros hotéis parceiros  e credenciados ”, relata o empresário, que também destacou a importância de a rede hoteleira estar preparada para atender, principalmente durante eventos em que a cidade recebe muitos turistas.

Pela experiência no ramo, Américo destaca que nesses últimos tempos o faturamento aumentou consideravelmente em virtude dos concursos públicos realizados no Estado, que atraem candidatos de diversas regiões do Brasil. “Cada vez que é lançado um edital para concurso público no Amapá, nas semanas que antecedem as provas, todos os nossos apartamentos são preenchidos”, destacou.

Em outro hotel da cidade, os 40 apartamentos disponíveis foram todos ocupados nos últimos dias. “Dos 40 hóspedes, 35 vieram de fora do Estado para prestar o concurso. Nas semanas anteriores o movimento estava fraco, mas ao se aproximar a data da prova, foi necessário bloquear os sites das agências de turismo que disparam as reservas, pois não tínhamos mais. O movimento foi um sucesso”, comemorou Pâmela Fernanda, que é recepcionista do hotel há quatro anos.

O movimento também foi evidente no setor gastronômico. A sócia-proprietária de um dos restaurantes localizado às margens do Rio Amazonas relata que as vendas dobraram neste período. “O movimento aumento bastante, consecutivamente estamos preenchendo os três ambientes do restaurante: climatizado, nos altos, e ao ar livre às margens do rio. Recebemos nestes últimos dias, cerca de 200 a 300 pessoas por refeição, a maior parte turistas. É uma época excelente para nosso faturamento”, comemorou a empresária.


SEAD - Secretaria de Estado da Administração
Av. FAB, 87. Fone: (96) 3084-8000
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá