SEAD

Secretaria de Estado da Administração

Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

2.468 candidatos realizaram a prova objetiva do concurso da Defenap

Divulgação do gabarito e das questões da prova objetiva será nesta segunda-feira, 12, a partir das 17h. Concurso oferece 40 vagas para defensor público.
Por: Nathacha Dantas - 12/03/2018 - 08:03
O piauiense Saulo Barros foi um dos candidatos de fora do Amapá atraídos pelo concurso da Defenap
Foto: Marcelo Loureiro
O piauiense Saulo Barros foi um dos candidatos de fora do Amapá atraídos pelo concurso da Defenap

Dos 2.895 advogados que se inscreveram para o concurso da Defensoria Pública do Amapá (Defenap), 427 candidatos já estão eliminados do certame por não comparecimento no local e horário de aplicação da prova objetiva, o que representa 14,75 % do total de candidatos. Os testes foram aplicados neste domingo, 11, pela Fundação Carlos Chagas (FCC), nas faculdades Seama, Famap e Fabran, com duração de 5 horas, conforme previsto no edital. O gabarito e as questões da prova objetiva serão divulgados nesta segunda-feira, 12, a partir das 17h.

Os portões fecharam às 8h30, e muitas pessoas chegaram no limite do horário definido. Como foi o caso de Bruno de Souza, um dos últimos concorrentes a entrar para a sala de provas. O amapaense é servidor público e decidiu prestar o concurso com o interesse em aumentar a sua renda. “Eu sou analista da justiça federal, mas me interessei muito por esse salário inicial de 13 mil reais do concurso da Defenap”, conta.

O advogado Saulo Barros veio de Teresina, capital do Piauí, para disputar uma das 40 vagas para defensor público. O concurseiro disse que suas expectativas são as melhores e que se preparou durante meses para conquistar uma vaga. “Já passei em alguns concursos, mas como a defensoria pública é realmente o que eu almejo, não medi esforços para estar aqui e lutar pelo cargo dos meus sonhos”, relatou.

Já a advogada amapaense Darcimara da Matta afirmou que, mesmo com o curto período de preparação que teve, está confiante. “Há seis anos eu só estava advogando. E este concurso foi muito esperado por mim, então, quando se concretizou fui motivada a voltar a estudar e concorrer”, comemorou.

As gestoras da Secretaria de Estado da Administração (Sead), Suelem Amoras, e Regina Duarte, e técnicos da Sead, acompanharam o processo desde a entrada dos candidatos nos locais de aplicação das provas, para garantir que a realização do exame ocorresse dentro da normalidade. “Após a quarta fase faremos a homologação do concurso e aguardaremos os prazos legais para empossar os defensores”, explicou a secretária Suelem Amoras.

O concurso da Defenap consiste em quatro fases: objetiva, prática, oral e a de títulos. A próxima etapa será a prova prática, prevista para o mês de maio.


SEAD - Secretaria de Estado da Administração
Av. FAB, 87. Fone: (96) 3084-8000
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2015 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá